Blog

Por: MB Treinamentos em 08/21/2018

Mídias Sociais: como ficar por dentro das novidades (e fugir de fake news)?

Na era da informação, todo dia surgem inúmeros textos sobre todo tipo de assunto. Publicações através de posts em mídias sociais, sites de notícias, portais de informação, blogs, canais de YouTube e IGTV, lives, Stories e aplicativos. Um verdadeiro bombardeio de informação por todos os lados.

Para quem trabalha com mídias sociais e marketing digital, é essencial estar bem informado sobre as novas funções agregadas às plataformas bem como criar estratégias boas com base em dados.

E aí vêm as dúvidas! Será que estou recebendo informação de qualidade ou estou apenas acreditando no que leio e levo tudo como verdade?

Fake News sobre mídias sociais

Há poucos meses, uma informação viralizou no Instagram, divulgada até por meios respeitados. Dizia respeito sobre a queda da entrega orgânica nas postagens para apenas 7% da base de seguidores. E lá foram milhares de empresas postando sobre isso: “o Instagram está entregando para apenas 7% dos seus fãs, se você está vendo este post, comente ‘SIM’”. A equipe do Instagram nunca falou sobre essa alteração, e logicamente teria se posicionado caso essa afirmação fosse verdadeira, uma vez que realmente prejudicaria muitas empresas, que deixariam de dar real valor à esta mídia e quem sabe deixando de gastar seus “louros" inclusive em anúncios patrocinados.

Apesar da notícia ser falsa, a estratégia em si pode ter funcionado muito bem! No Facebook e também no Instagram o nome do algoritmo responsável por decidir o que você vê em seu feed se chama EdgeRank (muito comentado no curso de Mídias Sociais), um sistema altamente avançado e sofisticado que mede suas ações com o que você segue, filtra o que parece ser importante para você e deixa de mostrar o que não tem relevância.

Ele calcula seus preferidos da seguinte forma:

  • Afinidade entre o criador e o consumidor do conteúdo (quem posta e quem vê),
  • Peso da interação (quantidade de curtidas, comentários, compartilhamentos) e
  • O tempo da publicação.

No caso da notícia fake mencionar, ao comentar “SIM” naquele post, fazia com que o EdgeRank percebesse mais pessoas se envolvendo com sua marca, sua importância para eles aumentou e consequentemente começou a entregar seu conteúdo para mais e mais seguidores. Entretanto, vale lembrar que se continuar postando conteúdo pouco relevante, o interesse do público (e seu alcance orgânico) rapidamente iria se extinguir novamente.

Outro caso que ganhou bastante repercussão foi o rumor dos “stalkers” nos Stories do Instagram. Quando você posta uma história no Instagram, logo você pode ver uma lista de pessoas que viram seu conteúdo. Essa lista pode ter dezenas ou centenas de nomes, mas parece que algumas pessoas sempre veem você e ficam ali em primeiro lugar. Logo surgiu um rumor amplamente repercutido de que essas são as pessoas que mais assistem o que você mostra ou que estão “de olho” na sua vida.

O portal americano The Verge chegou a entrevistar responsáveis do Instagram para tirar a dúvida e na verdade o que acontece é exatamente o oposto: quem VOCÊ mais assiste tende a aparecer primeiro por uma lógica de relevância X engajamento bem parecida com a do Facebook. A triste verdade é que seu crush não é a pessoa que mais vê seus Stories, você é que vê mais os Stories dela (talvez até sem perceber!).

Como acompanhar o que é real nas ferramentas de mídias sociais?

Temos percebido conversando com diversas pessoas, que elas sempre nos questionam sobre informações que leram aqui e ali. Isso é preocupante já que uma informação errada sobre o funcionamento dessas ferramentas pode atrapalhar até mesmo o profissional mais ligado.

Uma pesquisa no Google sobre “como funciona o Instagram” pode trazer dicas muito legais e materiais interessantes sobre como montar um feed, como escrever legendas, além de dicas diversas. Mas muitas “normas” sobre como essas ferramentas funcionam podem ser mal interpretadas ou até mesmo mal-intencionadas.

Na dúvida, recomendamos sempre checar! Verifique em mais de uma fonte se o que foi dito se confirma, teste, cheque se os seus resultados confirmam o que foi percebido. Além disso, uma dica muito legal é seguir de perto os blogs oficias de cada ferramenta (não tem como ter informação melhor do que essa, não é?).

Listamos aqui os blogs oficiais de cada mídia social do grupo do Facebook:

WhatsApp: https://blog.whatsapp.com/

Instagram: https://instagram-press.com/

Facebook: https://br.newsroom.fb.com/

Fique atento para as novidades, fique de olho no que dizem por aí e desconfie antes de acreditar para evitar cair em boatos que podem prejudicar seu trabalho ou até mesmo seu desempenho nas mídias sociais.

SAIBA MAIS // Conheça nosso curso de Mídias Sociais

© 2019 - MB Treinamentos e Comércio Ltda - CNPJ 23.236.584/0001-02 - Av. Bepe Rosa, 3750 - Sala 103, Centro II / Brusque SC - 88354-006